Histórico das Linguagens de Programação - Década de 1990

Histórico das Linguagens de Programação - Década de 1990

Esta página tem o resultado da pesquisa feita pelo aluno Jamille Bittencourt sobre o histórico das linguagens de programação da década de 1940.


Esta pesquisa realizada para a matéria de Compiladores fala sobre algumas linguagens de programação que surgiram nos anos 90; Um pouco sobre o seu surgimento, objetivo, criadores, e sintaxe. Junto com o boom da Internet surgiram as seguintes linguagens:

Java

veja-como-resolver-problemas-com-o-java-no-pc.jpg

Java é uma linguagem de alto nível orientada a objetos, que foi desenvolvida em 1991 por um pequeno time de engenheiros, - conhecidos como o Green Team - na Sun Microsystems. A ideia inicial deles era o *7 (Star Seven), que tinha o objetivo de controlar diversos dispositivos e aplicações. A equipe achava que uma boa ideia seria controlar televisões e vídeo por demanda com o equipamento. A ideia que o *7 tentava vender, hoje já é realidade em programas interativos e também na televisão digital. Como a ideia não decolou - foi a ideia certa, na época errada - a equipe resolveu adaptá-lo para a web (anos 90, boom da internet) e em janeiro de 1995, OAK se tornou JAVA, e a tecnologia Java foi projetada para se mover por meio das redes de dispositivos heterogêneos; redes como a internet. Agora aplicações poderiam ser executadas dentro dos navegadores nos Applets Java e tudo seria disponibilizado pela internet instantaneamente. O número de usuários cresceu rapidamente, grandes fornecedores de tecnologia, como a IBM anunciaram suporte para a tecnologia Java, em 2004 Java atingiu a marca de 3 milhões de desenvolvedores em todo mundo, e continuou crescendo - hoje é uma referência no mercado de desenvolvimento de software. Mais tarde (em 2009), a Oracle Corporation adquiriu Sun Microsystems e virou dona tanto do Solaris, quanto do Java.

Diferente das linguagens de programação convencionais, que são compiladas para código nativo, a linguagem Java é compilada para um bytecode que é interpretado por uma máquina virtual (Java Virtual Machine, mais conhecida pela sua abreviação JVM). A linguagem de programação Java é a linguagem convencional da Plataforma Java, mas não é a sua única linguagem.

public class OlaMundo {
 
   public static void main(String[] args) {
      System.out.println("Olá, Mundo!");
   }
}

JavaScript

js.png?resize=1000%2C300

A Netscape desenvolveu uma linguagem de programação que inicialmente chamou de Livescript, essa permitia criar pequenos programas nas páginas e era muito mais simples que o JAVA. O nome Livescript não durou muito, depois que a Netscape fez uma aliança com a Sun, criadora do JAVA, para desenvolverem em conjunto essa nova linguagem, a aliança fez com que o Javascript se tornasse muito mais fácil de utilizar, de modo que qualquer pessoa pudesse conhecer a linguagem.

JavaScript é uma linguagem de programação interpretada que foi originalmente implementada como parte dos navegadores web para que scripts pudessem ser executados do lado do cliente e interagissem com o usuário sem a necessidade deste script passar pelo servidor, controlando o navegador, realizando comunicação assíncrona e alterando o conteúdo do documento exibido.
É atualmente a principal linguagem para programação client-side em navegadores web. Começa também a ser bastante utilizada do lado do servidor através de ambientes como o node.js. Foi concebida para ser uma linguagem script com orientação a objetos baseada em protótipos, tipagem fraca e dinâmica e funções de primeira classe. Possui suporte à programação funcional e apresenta recursos como fechamentos e funções de alta ordem comumente indisponíveis em linguagens populares como Java e C++. Mesmo com sintaxe “javanesa” e com outras características do Java (valores primitivos e objetos), o JavaScript logo de início sofreu a influência funcional do Scheme, e mais tarde de linguagens como o Self (protótipos), Perl e Python (Strings, arrays e expressões regulares).

<!DOCTYPE html>
<html lang="pt-BR">
    <head>
        <meta charset="UTF-8" />
        <title>Oiiii</title>
        <script>
            window.onload = function () {
                document.getElementById("hello").addEventListener("click", function () {
                    alert("Olá Mundanos!");
                }, false);
            };
        </script>
    </head>
    <body>
        <noscript>Seu navegador não suporta JavaScript ou ele está desabilitado.</noscript>
        <button id="hello">Dizer "Olá"</button>
    </body>
</html>

PHP

php.png

PHP é uma linguagem interpretada livre, usada originalmente apenas para o desenvolvimento de aplicações presentes e atuantes no lado do servidor, capazes de gerar conteúdo dinâmico na World Wide Web. Figura entre as primeiras linguagens passíveis de inserção em documentos HTML, dispensando em muitos casos o uso de arquivos externos para eventuais processamentos de dados. O código é interpretado no lado do servidor pelo módulo PHP, que também gera a página web a ser visualizada no lado do cliente. A linguagem evoluiu, passou a oferecer funcionalidades em linha de comando, e além disso, ganhou características adicionais, que possibilitaram usos adicionais do PHP, não relacionados a web sites. É possível instalar o PHP na maioria dos sistemas operacionais, gratuitamente. Concorrente direto da tecnologia ASP pertencente à Microsoft, o PHP é utilizado em aplicações como o MediaWiki, Facebook, Drupal, Joomla, WordPress, Magento e o Oscommerce.

<html>
 <head>
  <title>Teste PHP</title>
 </head>
 <body>
 <?php echo "<p>Olá Mundo</p>"; ?>
 </body>
</html>

SQL

setup_learn_sql_mac_thumb800.jpg

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada), é a linguagem de pesquisa declarativa padrão para banco de dados relacional (base de dados relacional). Foi desenvolvido originalmente no início dos anos 70, mas em 1992 a linguagem foi revista, e a esta versão foi dado o nome de SQL-92. Foi revisto novamente em 1999 e 2003 para se tornar SQL:1999 (SQL3) e SQL:2003, respectivamente. O SQL:1999 usa expressões regulares de emparelhamento, queries recursivas e gatilhos (triggers). Também foi feita uma adição controversa de tipos não-escalados e algumas características de orientação a objeto.
Embora padronizado pela ANSI e ISO, possui muitas variações e extensões produzidos pelos diferentes fabricantes de sistemas gerenciadores de bases de dados. Tipicamente a linguagem pode ser migrada de plataforma para plataforma sem mudanças estruturais principais.
Em resposta a proliferação dos dialetos do SQL, ANSI publicou seu primeiro padrão SQL em 1986 para trazer maior conformidade entre fornecedores. Isto foi seguido porum segundo padrão, adotado amplamente em 1989. A International Standards Organi- zation (ISO) também aprovou o padrão SQL. ANSI lançou uma atualização em 1992,


DELPHI e Object Pascal

site_logo2.png
title1.gif

Em 1993 a Borland iniciou o desenvolvimento de um projeto para a criação de um ambiente visual para criar aplicações Windows utilizando a linguagem Object Pascal, que foi batizado de Delphi e lançado no ano de 1995.
O arquiteto do projeto que ficou conhecido como “pai” do Delphi foi Anders Heilsberg (também criador da linguagem C#). Desde o início, Delphi sempre foi pioneiro em tecnologias para o desenvolvimento de softwares, como conexão com banco de dados, programação Orientada a Objetos e ambiente de desenvolvimento rápido (RAD - Rapid Application Development).
Sem nenhuma sombra de dúvida, um marco histórico quando mecionamos a disciplina “desenvolvimento de software” em qualquer roda de tecnologia. Esse foi o momento em que conceitos revolucionários começaram a ser aplicados.
A atual versão da ferramenta hoje é capaz de construir aplicativos para Windows 32 e 64 bits, Mac OS, iOS 32 e 64 bits e Android, como todos nós sabemos, mas na época o foco era somente Windows, ainda nem considerado Sistema Operacional.

program ObjectPascalExample;

type
   THelloWorld = class
      procedure Put;
   end;

procedure THelloWorld.Put;
begin
   Writeln('Hello, World!');
end;

var
   HelloWorld: THelloWorld;           { isso é um ponteiro implícito }

begin
   HelloWorld := THelloWorld.Create;  { construtor retorna ponteiro }
   HelloWorld.Put;                        
   HelloWorld.Free;                   { essa linha libera o espaço de memória que contém o objeto (destrói o objeto) }
end.

Python

python-logo-master-v3-TM.png

Python é uma linguagem de programação de alto nível, interpretada, de script, imperativa, orientada a objetos, funcional, de tipagem dinâmica e forte. Foi lançada por Guido van Rossum em 1991. Atualmente possui um modelo de desenvolvimento comunitário, aberto e gerenciado pela organização sem fins lucrativos Python Software Foundation. Apesar de várias partes da linguagem possuírem padrões e especificações formais, a linguagem como um todo não é formalmente especificada.
A linguagem foi projetada com a filosofia de enfatizar a importância do esforço do programador sobre o esforço computacional. Prioriza a legibilidade do código sobre a velocidade ou expressividade. Combina uma sintaxe concisa e clara com os recursos poderosos de sua biblioteca padrão e por módulos e frameworks desenvolvidos por terceiros. Devido às suas características, ela é principalmente utilizada para processamento de textos, dados científicos e criação de CGIs para páginas dinâmicas para a web.

if resultado > 2 and \
    1 <= 5  and \
    2 < 5:
        print ('Resultado: %f' % d)

Ruby

ruby-logo-087AF79367-seeklogo.com_.jpg

Ruby é uma linguagem de programação interpretada, com tipagem dinâmica e forte, orientada a objetos e, com várias semelhanças com Perl, Python e SmallTalk. Projetada tanto para a programação em grande escala quanto para codificação rápida, tem um suporte a orientação a objetos simples e prático. A linguagem foi criada pelo japonês Yukihiro Matsumoto, que aproveitou as melhores idéias das outras linguagens da época.
Desde que foi tornado público em 1995, o Ruby arrastou consigo programadores devotos em todo o mundo.
Esta linguagem possui vastos repositórios de bibliotecas disponíveis em sites como Ruby Forge e Ruby Application Archive (RAA). Existe, ainda, uma ferramenta bastante útil para instalação de bibliotecas, chamada Ruby Gems, o software mais famoso desenvolvido em Ruby é o Ruby on Rails.
O Ruby também é totalmente livre. Não somente livre de custos, mas também livre para utilizar, copiar, modificar e distribuir.

puts "Olá, Mundo!"

Lua

banner.jpg

Lua é uma linguagem de script de multiparadigma, pequena, reflexiva e leve, projetada para expandir aplicações em geral, por ser uma linguagem extensível (que une partes de um programa feitas em mais de uma linguagem), para prototipagem e para ser embarcada em softwares complexos, como jogos. Assemelha-se com Python, Ruby e Icon, entre outras.
Várias versões de Lua foram lançadas e usadas em aplicações reais desde a sua criação em 1993.
Lua foi criada por um time de desenvolvedores do Tecgraf da PUC-Rio, a princípio, para ser usada em um projeto da Petrobras. Devido à sua eficiência, clareza e facilidade de aprendizado, passou a ser usada em diversos ramos da programação, como no desenvolvimento de jogos (a Blizzard Entertainment, por exemplo, usou a linguagem no jogo World of Warcraft), controle de robôs, processamento de texto, etc. Também é frequentemente usada como uma linguagem de propósito geral.
Lua combina programação procedural com poderosas construções para descrição de dados, baseadas em tabelas associativas e semântica extensível. É tipada dinamicamente, interpretada a partir de bytecodes, e tem gerenciamento automático de memória com coleta de lixo. Essas características fazem de Lua uma linguagem ideal para configuração, automação (scripting) e prototipagem rápida.

print "Olá, Mundo!"

O surgimento da maioria dessas linguagens só foi possível graças aos compiladores. Algumas dessas linguagens derivam de outras, foram feitas com base em outra, com a ajuda de compiladores hoje em dia é possível usá-las e editá-las, caso seja preciso. Além de terem no compilador a forma de espalhar, deixando mais fácil a missão de construir um software.


REFERÊNCIAS:

https://www.lua.org/portugues.html
https://www.devmedia.com.br/java-historia-e-principais-conceitos/25178
https://pt.wikipedia.org/wiki/Java_(linguagem_de_programa%C3%A7%C3%A3o)
https://pt.wikipedia.org/wiki/Delphi
https://pt.wikipedia.org/wiki/SQL
http://pcleon.if.ufrgs.br/~leon/Livro3_ed/node116.html
https://www.ruby-lang.org/pt/about/
https://imasters.com.br/front-end/javascript/javascript-20-anos-de-historia-e-construcao-da-web

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License